Roteiro Alternativo – Tailândia

Mais uma quinta-feira chegou e junto à ela o Roteiro Alternativo. Hoje com um país que nunca visitei, mas tenho muita vontade de conhecer: Tailândia.

Imagem

Outro dia estava conversando com uma amiga que fez uma viagem para lá e me contou como ficou admirada com o que encontrou. Confesso que nunca havia pensado sobre conhecer o país, exceto quando terminasse com aquelas listas “básicas” de planos de viagem para “dominar o mundo” (rs…).

Brincadeiras e preconceitos a parte, resolvi abrir minha cabeça e me permitir a conhecer junto com vocês um pouquinho mais desse local que muito tem a nos oferecer.

Quando iniciei a pesquisa sobre o local, um dos primeiros sites que me chamou atenção foi o www.360meridianos.com, que traz tudo e mais um pouco do que um viajante com destino para Tailândia precisa saber.

Antes de mais nada o que me chamou bastante atenção na conversa com essa minha amiga foi a relação custo X benefício. De acordo com ela a parte mais cara da viagem é o aéreo, que pode variar entre R$ 2700,00 a R$6000,00 (encontrei um valor “promocional” no submarinoviagens por R$3127,32, no período de setembro, saindo de São Paulo). No entanto, os hotéis e hostels oferecem uma excelente infra-estrutura por um preço muito mais acessível, o Bean Chart, por exemplo, um hotel considerado 3 estrelas e muito bem localizado, tem diária em torno de R$150,00 para o casal em um quarto de luxo, e no Suneta Hostel é possível encontrar diária de R$30,00 em dormitório coletivo (é isso mesmo que vocês leram, Reais).

Sendo assim, observa-se o quanto se pode fazer uma trip barata por lá e economizar nesses quesitos, que em outros locais são o que encarecem uma viagem.

Quanto a alimentação, não há como falar em Tailândia sem falar das famosas bancas de espetinhos de insetos, que são bastante turísticas e fazem parte da “aculturação”, mas nem todos os consomem (para os marombados de plantão, não se esqueçam que esses animais são ricos em proteínas, huuum….). Apesar disso, os restaurantes dos hotéis possuem cozinhas mais democráticas, baratas e não tão picantes, mas para quem não suporta pimenta é bom pedir “no spicy”.

Imagem

Dentre os roteiros alternativos que não podem faltar para quem for à Tailândia estão:

  • Bangkok: a capital, está entre as cidades mais visitadas do mundo. Possui grandes monumentos que são de visitação obrigatória, bastante festas e opções de feiras e compras, principalmente com o “Night Market”, localizado em Patpong.
  • Ilhas Phi Phi: as principais delas, Phi Phi Don (onde possui infraestrutura turística) e Phi Phi Ley, famosa pelo filme “A praia” com o Leonardo DiCaprio, formam um cenário natural deslumbrante e imperdível.Imagem

Espero que vocês estejam gostando dessa nova categoria do Blog. Qualquer sugestão de dicas, pedidos, ou mesmo uma reclamação, deixe aqui sua participação.

Anúncios

3 comentários sobre “Roteiro Alternativo – Tailândia

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s