Exposição com 26 esculturas de Salvador Dalí chega em Brasília

Uma exposição inédita no Brasil com 26 esculturas do artista espanhol Salvador Dalí será aberta ao público de Brasília na próxima quarta-feira (16), na galeria da Caixa Cultural Brasília, com entrada gratuita. As peças são na maioria em bronze e foram produzidas pelo artista, principalmente na década de 70. A mostra Salvador Dalí – Esculturas, vai ficar na cidade até o dia 15 de junho.

Esta exposição apresenta obras com uma história bastante interessante: um quadro do pintor Francisco de Goya serviu de impulso para Salvador Dalí criar toda uma série de esculturas no início dos anos 1970. Tudo começou quando durante um passeio com a mulher, Gala, pelas ruas de Madri, o artista se deparou com um retrato de São Paulo pintado por Goya no século 18 pendurado no interior de uma galeria. O dono da loja, Isidro Clot, apresentou o surrealista à obra e deu início a uma relação que resultaria em 44 moldes de escultura em cera, negociados em troca da pintura de Goya e de uma série de pagamentos sucessivos realizados ao longo dos anos. São 24 esculturas dessa leva que a Caixa Cultural apresenta na exposição Salvador Dalí — Esculturas.

20140413164206106400a
O conjunto foi batizado de Coleção Clot e as obras que vêm ao Brasil pesam, em média, 4 toneladas, mas os moldes renderam até peças para joias. “Os direitos de reprodução permitiam a Isidro Clot editar as esculturas em qualquer escala, inclusive monumental, o que fez com que realizasse contratos com terceiros para a confecção de joias”, explica Lara.

Por causa das dimensões, as peças viajaram de navio da Espanha até o Brasil. O curador fez uma montagem pedagógica para explicar a questão da autoria na arte. Além das 24 peças consideradas originais, ele incluiu duas outras que não pertencem à Coleção Clot, embora sejam tidas como obras de Salvador Dalí. As obras feitas para Clot são consideradas originais porque foram modeladas pelo próprio artistas e reproduzidas em edições de apenas oito exemplares, detalhe que, no mercado de arte, é responsável pela autenticação da autoria e valorização da obra.

fig04bpNos anos seguintes, Dalí subverteria essa lógica ao autorizar inúmeras reproduções de trabalhos como esculturas e gravuras. “Em geral, no mercado de arte, é aceita como escultura original aquela da qual se realiza uma edição de dois a oito exemplares mais uma peça do autor. Há autores que trabalham com outros critérios sobre as quantidades. Isso não é uma lei escrita. O escultor Manuel Cusach, autor de várias esculturas para a Sagrada Família de Barcelona, realiza habitualmente edições de 12 exemplares”, explica o curador.

Salvador Dalí — Esculturas
26 esculturas de Salvador Dalí. Curadoria: Francisco Lara. Abertura dia 16 de abril. Visitação até 15 de junho, de terça e domingo, das 9h às 21h, na Caixa Cultural (SBS Quadra 4 Lotes 3/4, CEP 70092-900 – Brasília, DF)

Fonte: Correio Braziliense

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s