Quer um loiro perfeito? Então este post é para você!

Se você é como eu e ama seus cabelos quando eles estão mais claros, essas dicas são para você!

Taylor Swift

Taylor Swift

1. Fuja do aspecto sujo
O cabelo loiro que parece oleoso na raiz e seco nas pontas tem explicação. Em contraste com o comprimento claro e as pontas desbotadas, a raiz crescida denuncia um visual desleixado e aparentemente sujo – por isso acertar na escolha da cor é tão importante. Os tons harmônicos, que combinam com pele, olhos e cor natural do cabelo, não causam tanta estranheza. O cabelo “laranja”, segundo explica Sérgio G., do Studio W, também transmite essa impressão de oleosidade e peso. “Fica alaranjado na raiz e ressecado na ponta”, diz.

2. Tenha medo do “amarelo ovo”
Se o tom alaranjado é ruim, o que dizer do “amarelo ovo”? Parece gema de ovo mesmo, daí a brincadeira com o nome. Segundo Juha Antero, colorista do salão MG Hair, o problema está na falta de pigmento cinza na coloração. “Dessa forma, a tintura não neutraliza muito bem o amarelo, deixando a cor forte e artificial”, diz. A hair stylist Cynthia Hanning, do salão Éclat, aponta outros fatores que contribuem para o resultado terrível: descoloração em cabelos muito escuros para ultraclaros e falta de manutenção da cor. A dica para fugir desse aspecto – ou reverter o mal feito – é pedir para que o cabeleireiro limpe a oxidação e refaça a cor. Depois desse trabalho concluído, invista em produtos com filtro para proteger a tintura.

3. Sim ao bronzeado, não ao cabelo verde
A regra é clara: cabelo descolorido + piscina = mechas esverdeadas. O cloro da água, que reage à pigmentação do cabelo loiro, detona os fios e a cor. Para não acabar com a cabeça esverdeada, use produtos específicos com proteção anticloro. Juha dá uma dica simples e caseira: “molhe os fios com água da torneira antes de mergulhar na piscina. Isso ajuda a diluir a entrada de cloro”, conta. Ele também indica o uso de xampu de limpeza profunda e máscara hidrante pelo menos uma vez por semana, principalmente no verão. Agora, se o seu cabelo adquiriu o tom esverdeado no inverno, a resposta pode ser outra: uso de pigmentação errada. “O esverdeado surge quando se misturam os tons acizentados com dourados. Opte por um ou por outro”, explica Branca di Lorenzo, do salão Crystal Hair.

Julianne-Hough

Julianne Hough

4. Em busca do loiro chique
Todos os profissionais concordam em um ponto: o loiro chique é aquele que parece natural – e não confunda parecer natural com fingir que é loira desde criancinha. Para virar uma blonde girl sofisticada e cheia de estilo, a harmonia deve prevalecer. Afinal, não adianta ter o cabelo dourado como o da atriz da novela se ele não combinar com olhos, cor da pele e textura dos fios. O melhor a fazer é consultar um profissional para decidir qual é o tom de loiro ideal para você – e acredite, são centenas de possibilidades. Juha adianta: “o loiro mais moderno tem a raiz apagada e mais escura, próxima do tom natural”, conta ele, referindo-se ao degradê Two Tone Hair .

5. Cuidado com o loiro brega
Trata-se do descolorido monocromático, também conhecido como “loiro oxigenado” ou “loiro de farmácia”. Por não apresentar nuances ou tons complementares, o mínimo de raiz escura salta aos olhos, daí o aspecto vulgar. Além da cor inadequada, as “loiras de farmácia” tendem a apresentar fios ressecados e arrebentados, por conta da falta de técnica ou qualidade do produto. A dica aqui é simples: procure um cabeleireiro profissional. Transformações radicais – como do castanho para o loiro – nunca devem ser feitas em casa. Para você ter uma vaga ideia da complexidade de uma descoloração, o colorista profissional é assim chamado porque entende muito de componentes químicos, reações possíveis e balanço de cores. Uma verdadeira arte!

6. Loirice não é para todas
Segundo Juha, “todas as mulheres podem clarear o cabelo, mas nem todas ficam bem loiras” – e se insistir, vai parecer falso, forçado e envelhecido. Uma morena de pele oliva, por exemplo, tende a ficar deslumbrante com mechas douradas, mel e caramelo. Já o loiro platinado funciona com poucas. “É preciso já ter o cabelo loiro, a pele branca quase rosada e olho claro”, conta Sergio G.

Blake Lively

Blake Lively

7. Olhe antes para as suas sobrancelhas
Elas denunciam a verdadeira cor do cabelo, mas até aí, problema nenhum. “O contraste das sobrancelhas pode ser muito interessante e até mesmo sensual, como as divas Brigitte Bardot e Marilyn Monroe, lindas e com sobrancelhas escuras”, responde Cynthia. Problema mesmo é quando a mulher não “segura” esse estilo, daí pode parecer “sem noção”. Contudo, sinal de alerta mesmo acende para as sobrancelhas grossas e cheias. Nesse caso, a conquista de um visual harmonioso fica ainda mais difícil. Se pode clarear? Pode, mas não deve. Branca e Juha dizem que em poucos casos é possível realizar um clareamento gradual nas pestanas. “Não é fácil e pode acabar sendo um desastre”, alerta ele.

8. As famosas no pedestal…

Os cabelos de Fernanda Lima e Guilhermina Guinle entram na lista de Sergio G entre os mais incríveis. Na onda dos “loiros naturais”, Adriane Galisteu e Luana Piovani estão entre as preferidas de Juha, enquanto Charlize Theron foi a celebridade internacional mais bem cotada entre os profissionais. “A pele clara, os olhos claros e traços finos combinam bastante com cabelos muito loiros”, explica Cynthia.

9. … E os piores looks do tapete vermelho
Donatella Versace e Paris Hilton são ótimos exemplos de como não tingir suas madeixas. “Paris exagera na descoloração. O loiro dela é mais surfista e às vezes a raiz fica muito aparente”, diz Cynthia. A melhor opção para Paris seria trabalhar com nuances sobrepostas, ao invés de uma cor chapada. Símbolo do “over”, Donatella Versace extrapola o limite do estiloso e peca ao desfilar com a pele estranhamente alaranjada em contraste com o cabelo quase branco.

Donatella Versace

Donatella Versace

10. A hidratação é a sua melhor amiga
Anote aí: ser loira custa caro. Após acertar na escolha da cor, você terá que empregar tempo e dinheiro para a manutenção do visual – caso contrário, todo o bom trabalho será perdido. Como o cabelo loiro reflete muita luz, as imperfeições ficam mais aparentes, por isso é preciso lançar mão de hidratação, uma vez por semana, e cauterização, em intervalos regulares, conforme indicação.

Charlize Theron

Charlize Theron

Lauren Conrad

Lauren Conrad

Agora só não fica com o loiro bonito quem não quer!

Fonte: IG

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s